Caderno de Memórias Coloniais

Caderno de Mem rias Coloniais O Caderno de Mem rias Coloniais relata a hist ria de uma menina a caminho da adolesc ncia que viveu essa fase da vida no per odo tumultuoso do final do Imp rio colonial portugu s O cen rio a cidade d

  • Title: Caderno de Memórias Coloniais
  • Author: Isabela Figueiredo
  • ISBN: 9789722127585
  • Page: 276
  • Format: Paperback
  • O Caderno de Mem rias Coloniais relata a hist ria de uma menina a caminho da adolesc ncia, que viveu essa fase da vida no per odo tumultuoso do final do Imp rio colonial portugu s O cen rio a cidade de Louren o Marques, hoje Maputo, espa o no qual se movem as duas personagens em luta pai e filha Isabela Figueiredo, in Palavras pr vias Nenhum livro restitui, melho O Caderno de Mem rias Coloniais relata a hist ria de uma menina a caminho da adolesc ncia, que viveu essa fase da vida no per odo tumultuoso do final do Imp rio colonial portugu s O cen rio a cidade de Louren o Marques, hoje Maputo, espa o no qual se movem as duas personagens em luta pai e filha Isabela Figueiredo, in Palavras pr vias Nenhum livro restitui, melhor do que este, a verdade nua e brutal do colonialismo portugu s em Mo ambique At porque, como a autora refere, ele aparece envolvido pelo mito da sua mansuetude sobretudo quando comparado, como era sempre, com o apartheid sul africano Mito t o interiorizado pelos pr prios colonos que atrav s dele, como por uma lente, percepcionavam a realidade de que constitu am um elemento decisivo como considerar se a si mesmos violentos e prepotentes no tratamento que davam aos negros A verdade escondia se sob a boa consci ncia necess ria regularidade quotidiana da vida paradis aca dos brancos Para a desenterrar era preciso ir procura la nas sensa es infinitamente vibr teis e virgens de uma menina, filha de colonos, que vivia flor da pele o sentido mais profundo de tudo o que acontecia Jos Gil, in Sobre Caderno de Mem rias Coloniais

    • Free Download [Humor and Comedy Book] á Caderno de Memórias Coloniais - by Isabela Figueiredo ↠
      276 Isabela Figueiredo
    • thumbnail Title: Free Download [Humor and Comedy Book] á Caderno de Memórias Coloniais - by Isabela Figueiredo ↠
      Posted by:Isabela Figueiredo
      Published :2020-07-07T01:21:51+00:00

    About “Isabela Figueiredo”

    1. Isabela Figueiredo

      Isabela Figueiredo nasceu em Louren o Marques, Mo ambique, hoje Maputo, em 1963 Ap s a independ ncia de Mo ambique, em 1975, rumou a Portugal, incorporando o contingente de retornados Foi jornalista no Di rio de Not cias e professora de Portugu s Estudou L nguas e Literaturas Lus fonas, Sociologia das Religi es e Quest es de G nero Publicou os seus primeiros textos no extinto suplemento DN Jovem, do Di rio de Not cias, em 1983 autora de Conto Como Quem Diz Odivelas Europress, 1988 , novela que recebeu o primeiro pr mio da Mostra Portuguesa de Artes e Ideias, em 1988, e de Caderno de Mem rias Coloniais, cuja primeira edi o data de 2009 Escreve regularmente no blogue Novo Mundo Desenvolve workshops de escrita criativa e participa em semin rios e confer ncias sobre as suas principais reas de interesse estrat gias de poder, de exclus o inclus o, colonialismo dos territ rios, g neros, corpo, culturas e esp cies.

    767 thoughts on “Caderno de Memórias Coloniais”

    1. Um excelente complemento a "A Gorda", o romance que deu a conhecer a autora. Agora num registo assumidamente autobiográfico, cobre o período da infância em Moçambique, antes da partida para a 'metrópole'. A história do que ainda parece não ter história em Portugal, a memória descarnada do racismo e do abuso de poder, o colonialismo tornado ideologia 'naturalizada', ao ponto de se negar a assumir-se como colonialismo, e a experiência de quem viveu (neste caso, também de quem cresceu) n [...]


    2. Ao ler alguns elogios que recebeu este livro alegrei-me! Pensei que ia aprender algo novo ou reconhecer algum sentimento, bom ou mau. Algo estilo Doris Lessing ou J M Coetzee mas em Português e sobre nós. Mas não. É a história triste de uma rapariga triste em circunstâncias tristes que não sei porque razão acha que todos os que partilharam um mesmo espaço geográfico serão tristes como ela. Triste! Desnecessário! Irrelevante!


    3. O livro foi-me oferecido pela autora depois de uma entrevista à mesma. É um retrato nu e cru da vida nas colónias portuguesas, neste caso, em Moçambique. Isabela Figueiredo percorre o amor e ódio de forma simples e natural e ajuda-nos a percorrer a realidade moçambicana antes e após a independência do país.



    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *